Sportbuzz
Fórmula 1 / GO DA EMILIA-ROMAGNA

Leclerc supera Sainz e lidera 1º treino livre do GP da Emilia-Romagna

Charles Leclerc leva a melhor sobre Carlos Sainz, após revezamento de liderança entre os pilotos da Ferrari, e lidera o primeiro treino livre do GP da Emilia-Romagna

Redação Publicado em 22/04/2022, às 10h24

Leclerc supera Sainz e lidera 1º treino livre do GP da Emilia-Romagna - GettyImages
Leclerc supera Sainz e lidera 1º treino livre do GP da Emilia-Romagna - GettyImages

Líder do campeonato mundial de pilotos, o monegasco Charles Leclerc liderou o primeiro treino livre do GP da Emilia-Romagna nesta sexta-feira, 22. O piloto da Ferrari registrou 1m29s402 em sua melhor volta e superou o colega de equipe, Carlos Sainz, que ficou apenas 0s8. O terceiro foi Max Verstappen, da RBR.

Lewis Hamilton e a Mercedes seguem enfrentando problemas para ajudar o carro na temporada. O heptacampeão não foi bem e ficou com apenas o 18º melhor tempo da atividade, a 7s de Leclerc e à frente de Zhou Guanyu e Nicholas Latifi. Companheiro de Lewis, George Russell fechou a sessão em décimo.

 

Canal - SportBuzz:

Fecharam o top 10, da quarta à décima colocação: Kevin Magnussen e Mick Schumacher (ambos da Haas), Sergio Perez (RBR), Fernando Alonso (Alpine), Sebastian Vettel (Aston Martin), Yuki Tsunoda (Alpha Tauri) e George Russell (Mercedes). Lando Norris e Daniel Ricciardo, da McLaren, ficaram em 14º e 15º, respectivamente.

Os pilotos voltam à pista logo mais, às 12h (horário de Brasília), para a classificação da corrida sprint. O segundo treino livre está marcado para 7h30 de sábado, 23, horas antes da sprint, marcada para 11h30 e que definirá o grid de largada da corrida. A etapa será disputada no domingo, 24, às 10h.

Carlos Sainz registra o segundo melhor tempo do treino livre 1
Carlos Sainz registra o segundo melhor tempo do treino livre 1 (Crédito: GettyImages)

 

Hamilton abre o jogo sobre comprar o Chelsea 

Verstappen provocou Hamilton após a notícia de que o piloto da Mercedes estaria entre os compradores do Chelsea. Depois de toda repercussão dessa possiblidade, o atleta falou pela primeira vez em relação ao tema e admitiu que sonha em comprar os Blues. Torcedor declarado do Arsenal, o heptacampeão mundial de F1 não escondeu a vontade de fazer parte dos atuais campeões mundiais e europeus. 

"Chelsea é um dos maiores times do mundo. Quando eu ouvi sobre a possibilidade, eu fiquei tipo "wow, isso é uma grande chance de fazer parte de algo grandioso". Sir Martin conversou comigo no telefone e explicou os objetivos para a equipe caso ele vença a disputa, foi incrivelmente empolgante e completamente alinhado com os meus valores", afirmou. 


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!