Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Fórmula 1 / GP DA FRANÇA

GP da França: Verstappen vence, Leclerc bate e Mercedes pegam pódio

Atual campeão mundial, Max Verstappen venceu o Grande Prêmio da França em prova marcada por batida de Charles Leclerc; Lewis Hamilton e George Russell pegaram o pódio pela Mercedes

Redação Publicado em 24/07/2022, às 11h37 - Atualizado às 11h40

GP da França de Fórmula 1 - GettyImages
GP da França de Fórmula 1 - GettyImages

Max Verstappen conquistou o Grande Prêmio da França de Fórmula 1 neste domingo, 24. O piloto holandês da RBR venceu a etapa que foi marcada pela batida do rival pelo título, Charles Leclerc, da Ferrari. Apesar da frustração com o monegasco, a escuderia italiana contou com a boa prova de recuperação de Carlos Sainz, que largou em último por trocar os componentes do motor.

A etapa foi animada, com bons embates em brigas por posições. Lewis Hamilton e George Russell, ambos da Mercedes, completaram o pódio, na segunda e terceira colocações, respectivamente. Sérgio Pérez pegava o pódio até a volta 51/53, mas vacilou e encerrou a etapa em quarto, seguido por Sainz.

Os pilotos voltam à pista no próximo final de semana, para a disputa do Grande Prêmio da Hungria. A etapa será realizada entre os dias 29 e 31 de julho, em Hungaroring. A 13ª etapa será disputada no domingo, 31, às 10h (horário de Brasília). Depois, o campeonato volta para o GP da Bélgica, em 28 de agosto.

A etapa

Pole position, Charles Leclerc fez uma bela largada e abriu uma pequena vantagem sobre Max Verstappen. Na mesma proporção, o atual campeão mundial não vacilou e manteve o monegasco na cola. Também na largada, Hamilton ultrapassou Sergio Pérez e assumiu a terceira colocação logo no início. Carlos Sainz, da Ferrari, e Kevin Magnussen, da Haas, largaram no fim do grid por troca dos componentes do motor.

Charles Leclerc e Max Verstappen brigam por posição no GP da França
Charles Leclerc e Max Verstappen brigam por posição no GP da França (Crédito: GettyImages) 

Vice-líder do campeonato, Leclerc liderava a prova e ainda tinha Verstappen na sétima colocação após parada no pit stop, na volta 17. Hamilton ocupava a vice-liderança. O monegasco voava na ponta, enquanto o companheiro Carlos Sainz fazia uma bela corrida de recuperação. Na volta seguinte, na 18ª, Leclerc bateu na curva 11 e abandonou a corrida em mais um erro na temporada; ele alegou problema no acelerador – mesma questão da última prova.

Com o safety car na pista, Hamilton, Pérez e Russell foram para os boxes e Verstappen assumiu a liderança da etapa. Na volta 29, Carlos Sainz já ocupava a quinta colocação; o espanhol ultrapassou George Russell na volta 31 e assumiu a quarta posição. Na volta 39, o piloto da Ferrari já tinha cortado a distância para o terceiro Sergio Pérez para 0.7s; a ultrapassagem aconteceu na volta 41. 

O safety car virtual foi novamente acionado por abandono de Zhou, da Alfa Romeo, e George Russell se deu bem ao aproveitar um 'cochilo' de Sérgio Pérez na volta 51, assumir a terceira colocação e confirmar um pódio duplo para a Mercedes. Verstappen liderou com tranquilidade para faturar mais uma vitória na temporada e disparar na ponta da classificação de pilotos.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!