Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Fórmula 1 / EITA!

Fórmula 1: Bottas revela que pensou sair após derrota para Hamilton

Fórmula 1 contou com a vitória de Lewis Hamilton sobre o então companheiro de equipe Valtteri Bottas em 2018, na pior temporada do finlandês na equipe

Redação Publicado em 23/06/2022, às 15h01

Fórmula 1 com Bottas e Hamilton no pódio - GettyImages
Fórmula 1 com Bottas e Hamilton no pódio - GettyImages

Por pouco a Fórmula 1 não vê mais Valtteri Bottas nas pistas. Sendo o substituto de Nico Rosberg na Mercedes depois da conquista do título e a aposentadoria do alemão, o finlandês passou por altos e baixos na equipe. Hoje piloto da Alfa Romeo, ele revelou ter pensado em se aposentar depois da dura derrota para o então colega de equipe Lewis Hamilton em 2018.

Estando em somente no seu segundo ano pela equipe, quando ele terminou apenas em quinto no Mundial vencido pelo companheiro, tudo poderia ter acabado ali. "No final de 2018 eu quase parei. Cheguei muito perto. E foi puramente por eu não entender por que não consegui vencer Lewis naqueles dois anos. Eu coloquei muita pressão sob mim mesmo", contou Bottas.

Canal - SportBuzz

Valtteri Bottas saiu da Williams sustentando um status de protagonismo no ano de 2017, tendo conquistado três triunfos em sua primeira temporada pela Mercedes na Fórmula 1. Isso ainda que ele tenha terminado o ano ocupando o terceiro lugar, ficando atrás do vice-líder Sebastian Vettel e claro, o campeão em questão, Lewis Hamilton.

Porém, no campeonato seguinte a situação ficou pior. O finlandês não chegou ao lugar mais alto do pódio em nenhuma oportunidade, sem conseguir converter as duas poles que conquistou na Áustria e Rússia, sendo que a último foi a sua maior oportunidade de vitória, mas que acabou sendo marcada por uma ordem de equipe um tanto quanto polêmica.

Fórmula 1 tem desabafo de Bottas sobre aposentadoria
Fórmula 1 tem desabafo de Bottas sobre aposentadoria (Crédito: GettyImages)

Na época, James Vowles, estrategista-chefe da Mercedes, pediu que ele deixasse Lewis Hamilton passar. Com isso, o britânico foi quem venceu a prova, e depois disso o clima não foi dos melhores no pódio, sendo que nem mesmo o atual heptacampeão do mundo se mostrou feliz com o acontecido.

Ficando com o quinto no campeonato, Bottas ainda foi superado pela dupla da Ferrari formada por Vettel e Kimi Raikkonen, e Max Verstappen. "Lewis é dominante na equipe como piloto e pessoa, é difícil dar um passo além com alguém como Lewis ao seu lado. Ele cresceu naquela equipe e é apenas Lewis. É como se todos o admirassem. Mas foi uma boa experiência para mim", lembrou.

Depois desses momentos complicados, as vitórias apareceram novamente no começo da temporada de 2019, quando Bottas venceu duas das cinco primeiras corridas que disputou, incluindo o GP de abertura, que aconteceu na Austrália, e no qual chegou até a desabafar pelo rádio em forma de recado aos críticos.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!