Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Fórmula 1 / GP DO CANADÁ

F1: Max Verstappen controla vantagem e vence o GP do Canadá

Em etapa movimentada, Max Verstappen e RBR fazem bom trabalho e confirmam vitória do GP do Canadá; Sergio Pérez abandonou, e Sainz e Hamilton fecharam o pódio

Redação Publicado em 19/06/2022, às 16h39 - Atualizado às 16h56

Grande Prêmio do Canadá de Fórmula 1 - GettyImages
Grande Prêmio do Canadá de Fórmula 1 - GettyImages

Max Verstappen confirmou mais uma vitória na temporada. Líder do campeonato mundial de pilotos, o holandês da RBR venceu o Grande Prêmio do Canadá de Fórmula 1 neste domingo, 19, no Circuito Gilles Villeneuve, em Montreal. Carlos Sainz, da Ferrari, e Lewis Hamilton, da Mercedes, completaram o pódio do dia. 

Em boa prova de recuperação, Charles Leclerc encerrou na quinta colocação, atrás de George Russell. Hamilton quebrou o jejum de oito etapas e voltou ao pódio da F1. Sergio Pérez, da RBR, abandonou a corrida ainda na 10ª volta. Completaram as dez primeiras posições: Esteban Ocon e Fernando Alonso (ambos da Alpine), Valtteri Bottas e G. Zhou (da Alpha Romeo), e Lance Stroll (Aston Martin) – que pontuou em casa. 

Canal - SportBuzz:

Foi a primeira vitória do holandês no Canadá, a sexta na temporada e a 26ª na carreira. A Fórmula 1 retomará sua disputa em duas semanas. A próxima etapa será no Grande Prêmio da Grã-Bretanha, no Circuito de Silverstone, entre os dias 1 e 3 de julho. 

Grande Prêmio do Canadá

Max Verstappen fez uma ótima largada para manter a liderança já na primeira curva, abrindo um segundo para Alonso ainda na volta inicial. Quando Sainz conseguiu tomar a segunda posição do espanhol, na terceira volta, Verstappen abria três segundos. Leclerc, que havia largado na última fila, subia para a 16ª colocação.

GP do Canadá, em Montreal
Grande Prêmio do Canadá de 2022 (Crédito: GettyImages)

Na oitava volta, George Russell fez um bom início e ganhou as posições de Ocon e Magnussen para assumir a quinta colocação. A esta altura, Sainz tirava a tempo para Verstappen e diminuía para 2.7. Até que, na nona volta, Sergio Pérez teve problemas com o motor e abandonou a prova.

Com o virtual safety car acionado, Verstappen foi para o primeiro pit stop, caiu para terceiro, e Sainz não parou para assumir a ponta, seguido por Alonso. Hamilton, que também aproveitou o VSF para entrar no box, ficou com a quinta posição. Na liderança da dobradinha espanhola, Sainz chegou a abrir cinco segundos para Alonso.

Quando Verstappen ultrapassou Alonso, na volta 15/70, Sainz manteve mais de cinco segundos de vantagem para o holandês, que emendou uma volta rápida. Após ser ultrapassado na 18ª volta, Mick Schumacher sofreu uma pane elétrica e outro virtual safety car foi acionado. Sainz foi para o box na volta 21/70 e Verstappen assumiu a liderança.

Carlos Sainz caiu para a terceira posição e ultrapassou Alonso já na 22ª volta. Com isso, Verstappen abria oito segundos. Duas voltas depois, Hamilton deixava o piloto da Alpine e assumia a terceira colocação. Alonso fez seu primeiro pit stop apenas na 27ª volta, caindo para a sétima colocação. Leclerc subia para sétimo.

Verstappen administrava a vantagem, mas Sainz diminuía para seis segundos na volta 41/70. O holandês foi para o pit e viu o espanhol assumir a ponta. Leclerc foi para o pit na volta 42, mas caiu para a 12ª colocação. Com uma parada a menos, Sainz contou com o safety car na volta 49/70, após batida de Tsunoda, e ficou a dois segundos atrás do holandês.

O safety car foi acionado e liberou a pista na volta 55. Verstappen abriu vantagem, mas a menos de um segundo de Verstappen. Enquanto isso, o espanhol fazia a volta mais rápida, com 1min16s287. Sainz tentou atacar no fim, diminuiu para meio segundo, mas não conseguiu superar o rival da RBR. Vitória de Max Verstappen! 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!