Sportbuzz
Fórmula 1 / MUDANÇAS!

F1: Hamilton muda postura e acredita na Mercedes

Lewis Hamilton não vive a sua melhor fase na F1 e ainda não conseguiu vencer nenhum corrida com a Mercedes na temporada de 2022

Redação Publicado em 12/05/2022, às 14h35

Hamilton ainda acredita que a Mercedes pode dar alguma resposta na temporada de 2022 na F1 - GettyImages
Hamilton ainda acredita que a Mercedes pode dar alguma resposta na temporada de 2022 na F1 - GettyImages

Lewis Hamilton ainda acredita na Merecedes nesta temporada da F1. A equipe e o piloto não estão conseguindo grandes resultados, mas o inglês ainda sonha com a possibilidade de melhora para as próximas corridas. Mesmo assim, ele já entendeu que o de 2022 vai fazer ele refletir e ver a competição de uma maneira diferente da que está acostumado. 

O heptacampeão mundial não quer jogar a toalha, apesar de já ter dado algumas declarações em que indicava não estar confiante na Mercedes para essa temporada da F1. No entanto, em entrevista coletiva, ele demonstrou que ainda quer correr atrás deste começo pouco vitorioso da equipe em 2022 e acredita que as coisas podem melhorar ao longo do ano.

Canal - SportBuzz

Ainda estamos correndo, mas é apenas uma perspectiva diferente, um ponto de vista diferente. É uma nova experiência, com certeza. Você sempre quer tentar avançar, mas é muito difícil quando você não está realmente avançando”, afirmou.

Hamilton reconheceu que a Mercedes não está conseguindo evoluir, mas destacou que a escuderia não pode perder a confiança de que pode dar a volta por cima: "Estamos com a mesma velocidade que estávamos na primeira corrida, então temos de continuar tentando. Infelizmente, não melhoramos nessas cinco corridas, mas espero que, em algum momento, isso aconteça. Nós apenas temos de continuar tentando e trabalhar duro”. 

Hamilton terá que retirar joias antes das provas na Fórmula 1
Hamilton terá que retirar joias antes das provas na Fórmula 1 (Crédito: GettyImages)

Hamilton está na mira das punições...

Agora será tudo ou nada para Hamilton na Fórmula 1. Isso porque a Federação Internacional do Automobilismo (FIA) pressionou ainda mais os pilotos sobre o uso de joias, reforçando o recado no GP de Miami, no último fim de semana. O britânico, inclusive, compareceu à coletiva de imprensa com três relógios, oito anéis e vários colares.

Apesar disso, Hamilton removeu seus brincos antes de participar da prova, mas mesmo assim a entidade deu um prazo para o heptacampeão de até o início do GP de Mônaco para retirar seu piercing. No entanto, o trabalho da FIA deve ser bem mais complicado do que estavam imaginando, já que o piloto deixou bem clado que vão vai ceder.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!