Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Fórmula 1 / EITA!

F1: Hamilton abre o jogo sobre lesão no GP do Azerbaijão

Hamilton vive momento delicado na F1, mas conseguiu um grande resultado no GP do Azerbaijão; piloto da Mercedes saiu com dores nas costas do circuito!

Redação Publicado em 14/06/2022, às 08h58

F1: Hamilton abriu o jogo sobre lesão lesão no GP do Azerbaijão - GettyImages
F1: Hamilton abriu o jogo sobre lesão lesão no GP do Azerbaijão - GettyImages

Hamiltonnão vive sua melhor forma na F1, mas conseguiu um grande resultado no GP do Azerbaijão. Com a queda da Ferrari no último domingo, 12, o piloto da Mercedes arrancou o quarto lugar e ajudou seu time a conseguir uma pontuação ainda melhor para o campeonato dos construtores. Mesmo assim, o inglês deixou o circuito com fortes dores e preocupou todos. 

Vítima do porpoising, que é quando o carro dá diversas "quicadas", Hamilton deixou o GP do Azerbaijão com fortes dores na coluna. O piloto da Mercedes viu a sua sequência ficar em cheque para a temporada de 2022. O próximo circuito, que seria no Canadá, é visto como uma grande incógnita por muitos para Lewis, mas o atleta destacou em suas redes sociais que deverá estar presente em Montreal. 

CANAL - SPORTBUZZ:

Mesmo quando é doloroso, ainda nos levantamos. Obrigado pelo carinho, até a próxima semana”, escreveu em seu Twitter sobre as fortes dores.

Enquanto Hamilton garante ida ao Canadá, a Mercedes vai contra!

Após o GP do Azerbaijão, Toto Wolff abriu o jogo sobre a lesão de Hamilton. Ele reconheceu que não conversou diretamente com o piloto sobre o tema, mas avisou que o atleta não estava tão bem. Desta forma, a Mercedes ainda não garante que o inglês esteja totalmente apto para participar da próxima corrida na F1. Vale destacar, que no campeonato de pilotos, o inglês é apenas o sexto e tem 62 pontos conquistados até este momento da temporada. 

Ele está realmente mal. Nós precisamos encontrar uma solução. Neste ponto, eu acho que ele talvez seja o mais afetado entre todos os pilotos. Mas basicamente todos, até onde eu sei, disseram que algo precisa acontecer. Eu não conversei com ele depois da prova, mas você pode ver que não é mais muscular. Aquilo provavelmente afeta a coluna e pode ter algumas consequências”.
Hamilton em ação
Lewis Hamilton em ação durante o GP do Azerbaijão; piloto do Mercedes ficou na quarta colocação (Crédito: GettyImages)

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!