Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Fórmula 1 / VISH!

F1: Chefe da Mercedes se revolta com Mônaco e quebra expectativa

Com problemas na F1, o chefe da Mercedes não confia num grande resultado da equipe em Mônaco e destacou que não vai criar expectativas para o circuito

Redação Publicado em 26/05/2022, às 11h31

F1: Chefe da Mercedes tem receio com Mônaco e descarta vitória - GettyImages
F1: Chefe da Mercedes tem receio com Mônaco e descarta vitória - GettyImages

A temporada da F1 não é das melhores para a Mercedes e o GP de Mônaco está cada vez mais próximo de acontecer. Apesar de ser uma das corridas mais esperadas da temporada, Toto Wolff não está muito feliz com a realização do evento. O chefe da escuderia deixou claro que os seus carros sempre tiveram problemas em território monegasco e, desta vez, não deve ser diferente. 

Apesar das reclamações de Wolff, a Mercedes não tem um desempenho tão ruim em Mônaco. Das 10 últimas corridas que foram realizadas por lá, a escuderia levou a melhor em cinco. No entanto, a equipe não vence o circuito desde 2019, quando Lewis Hamilton fez história e arrancou rumo ao título da F1. Mas Toto não tem essa confiança para 2022. 

Canal - SportBuzz

O chefe da Mercedes deixou claro que a corrida não é uma das mais tranquilas para o time: "Mônaco no passado não foi nosso lugar mais feliz. Talvez porque o carro fosse do tamanho de um elefante! Estarei curioso para ver onde estamos neste fim de semana. Minhas expectativas são menores do que qualquer outro circuito... será pelo menos um aprendizado para nos trazer de volta ao jogo".

Mônaco vem num momento de ascensão da Mercedes na temporada. Depois de um começo ruim na F1, a equipe mostrou força no GP da Espanha e brigou pelo pódio com os seus dois carros. Mesmo que tem mostrado certa evolução, Toto Wolff acredita que Mônaco não vai ser o lugar da primeira vitória da escuderia no ano de 2022 na F1. 

Demos outro grande passo e provavelmente reduzimos pela metade a desvantagem para os primeiros colocados. Mas ainda há muito a percorrer para estar na luta", finalizou. 

Hamilton rebate discurso de "derrotado"!

Heptacampeão da F1, Hamilton abriu o jogo sobre as críticas que sofreu no GP da Espanha.Para muitos, ele teve uma postura e discurso de "derrotista" ao perder a posição para Carlos Sainz no final do circuito. No entanto, ele contou detalhes sobre o que aconteceu no seu carro durante a disputa e revelou que enfrentou problemas de motor.

Hamilton em ação
Lewis Hamilton em ação pela Mercedes durante o GP da Espanha no último domingo, 22 (Crédito: GettyImages)
Não fui derrotista, eu estava literalmente 30s atrás. Tinha um motor inteiro para ficar em último ou fora do top-15, e ainda poderia receber uma penalidade ou algo do tipo”, afirmou. 

Lewis Hamilton ainda continuou sua análise sobre a sua atuação no GP da Espanha e saiu confiante com a Mercedes na sequência da F1: “Não sei se a confiabilidade é um problema. Vimos no final que havia algo. Eu fiquei (pensando), podemos salvar o motor para lutarmos outro dia. Mas estou feliz por não termos feito isso, e isso mostra que você nunca deve parar, nunca deve desistir, e foi o que eu fiz”.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!