Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Fórmula 1 / SEGUE NA CATEGORIA

F1: Alex Albon renova com a Williams e está confirmado para 2023

De volta à categoria neste ano, Alex Albon assinou um novo contrato com a Williams e vai competir na Fórmula 1 em 2023; Nicholas Latifi segue com futuro indefinido

Redação Publicado em 03/08/2022, às 17h37

F1: Alex Albon renova com a Williams e está confirmado para 2023 - GettyImages
F1: Alex Albon renova com a Williams e está confirmado para 2023 - GettyImages

Alex Albon está confirmado na Williams para a temporada de 2023 da Fórmula 1. Nesta quarta-feira, 3, a equipe comunicou a renovação de contrato de múltiplos anos com o piloto tailandês, que retomou ao grid da categoria em 2022. O destino do canadense Nicholas Latifi, atual companheiro de Albon, ainda está indefinido.

Para fazer o comunicado, a Williams se aproveitou da polêmica envolvendo Alpine e o piloto Oscar Piastri, e fez uma brincadeira nas redes sociais. Contando com os holofotes voltados para a categoria nesta semana, a equipe confirmou que faria um “grande anúncio” nesta quarta-feira. Depois de confirmado para o próximo ano, Albon apareceu nas redes sociais usando o mesmo texto que o piloto australiano, mas de maneira positiva.

“Eu entendo que, com minha concordância, a Williams Racing divulgou um comunicado de imprensa esta tarde de que eu vou pilotar para eles no próximo ano. Isso está certo e assinei um contrato com a Williams para 2023. Estarei pilotando pela Williams no próximo ano”, escreveu o piloto da Williams.

Albon, que fez sua estreia na Fórmula 1 pela STR, tem 51 Grandes Prêmios disputados na categoria. Aos 26 anos, ele pilotou por AlphaTauri, RBR e Williams e tem dois pódios na carreira: Toscana e Bahrein, na temporada de 2020. No mundial de pilotos de 2022, ele é o 19º colocado. 

Albon é confirmado para 2023
Albon é confirmado para 2023 (Crédito: GettyImages) 

O tailandês foi para a RBR no segundo semestre de 2019 para assumir o lugar de Pierre Gasly, mas seu desempenho o tirou da categoria ao fim de 2020, quando Sergio Pérez foi anunciado pela equipe para ser companheiro do holandês Max Verstappen. Albon ficou longe da categoria em 2021, mas foi confirmado pela Williams neste ano, como substituto de George Russell, hoje na Mercedes


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!