Sportbuzz
Testeira

Oito brasileiros classificados para o Round 3 no México

O evento marca a volta do México ao World Surf League Championship Tour depois de 15 anos

Evandro Abreu Publicado em 11/08/2021, às 13h43

Filipe Toledo durante o WSL de abril em Sidney, Austrália - Getty Images
Filipe Toledo durante o WSL de abril em Sidney, Austrália - Getty Images
Começou com boas ondas de 3-4 pés o Corona Open Mexico  em Barra de la Cruz e oito surfistas brasileiros se classificaram na abertura do evento que marca a volta do México ao World Surf League Championship Tour depois de 15 anos. Filipe Toledo, Miguel Pupo, Caio Ibelli, Mateus Herdy, Gabriel Medina, Italo Ferreira, Tati Weston-Webb e Silvana Lima avançam direto para o round 3 
 
 
Três brasileiros lideram o ranking e o único que começou com vitória foi Filipe Toledo, que recuperou a terceira posição com o título na final verde-amarela com Gabriel Medina no Jeep Surf Ranch Pro. Filipe fez uma boa escolha de ondas para usar seu repertório de manobras progressivas, variando batidas, rasgadas e os aéreos, para derrotar o francês Jeremy Flores e o mexicano Jhony Corzo, por 13,46 pontos na quarta bateria do dia.
 
“É sempre muito bom estar no México. É um dos meus lugares preferidos para fazer uma surftrip, porque sempre têm muitas ondas boas em várias praias”, disse Filipe Toledo, que respondeu sobre as ondas de Barra de La Cruz. “A maré tem uma grande influência aqui. Na seca, tem um tubo que quebra por trás das pedras, mas independente da maré, a onda é muito boa. O vento está calmo e espero que as ondas aumentem nos próximos dias”.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!