Sportbuzz
Testeira
Esporte na TV / SEM PAPAS NA LÍNGUA!

Neto alfineta Tite por não convocar Hulk: "Falta de conhecimento técnico"

Comentarista fez críticas ao comandante da Seleção Brasileira após a ótima atuação de Hulk contra o River Plate pela Libertadores

Redação Publicado em 19/08/2021, às 17h26 - Atualizado às 17h37

Neto alfineta Tite por não convocar Hulk - Getty Images
Neto alfineta Tite por não convocar Hulk - Getty Images

Nesta quarta-feira, 19, o Atlético-MG recebeu o River Plate pelo jogo de volta das quartas de final da Libertadores da América e deu uma verdadeira aula de futebol, superando o adversário por 3 a 0 e garantindo vaga na semifinal do torneio, com Hulk sendo, novamente, um dos destaques do Galo na partida.

 

 

O ex-jogador Neto, que estava realizando a cobertura do jogo em sua ‘Rádio Craque Neto’, no YouTube, não deixou de fazer duras críticas a Tite, técnico da Seleção Brasileira, por não ter chamado Hulk na última convocação, dizendo que o comandante teria uma falta de 'conhecimento técnico'. O comentarista ainda afirmou que o treinador formou uma ‘família’ e que só convoca quem faz parte deste meio.

“O Hulk em 2014 (na Copa do Mundo) não foi bem, mas o que ele joga (hoje) é uma coisa impressionante. É uma injustiça o Tite não convocá-lo no lugar do Gabriel Jesus, Firmino, ou Fred pra fazer um terceiro homem do meio campo. Ele está no melhor momento da carreira dele”, começou dizendo.

"O que ele está jogando é uma barbaridade. É uma sacanagem sua Tite, você ter essa falta de conhecimento técnico e querer levar a 'minha família'. Minha família é o cacete!”, completou.

O JOGO

Foi um jogaço no primeiro tempo do Mineirão. Com vantagem no placar pela vitória na ida e sem Nacho Fernández, o Atlético dominou as ações ofensivas. Aos quatro minutos, Vargas recebeu o passe de Hulk e finalizou firme para ver o goleiro Armani espalmar. Depois, o atacante chileno recebeu o cruzamento de Savarino e desviou de cabeça, mandando perto da trave. Aos 7, o camisa 10 ainda tocou para Zaracho dominar livre e finalizar. Armani fez a defesa em dois tempos.

O River chegou aos oito minutos, quando Suárez recebeu o cruzamento, subiu bem para finalizar, mas Everson fez a defesa tranquila. Aos 18, o goleiro do Galo fez um milagre em outra finalização do meia, de primeira, da entrada da área.

O Atlético-MG abriu o placar aos 21 minutos do primeiro tempo, com golaço de Zaracho. Hulk recebeu na direita, venceu o marcador e fez o cruzamento para Zaracho finalizar de voleio: 1 a 0 (2 a 0 no agregado).

Everson, aos 27 minutos, fez outra grande defesa para salvar o Atlético. Julián Álvarez recebeu de Suárez, entrou na área de bateu para mais um milagre do goleiro.

Hulk ampliou o placar para o Galo aos 33 minutos, com mais um golaço na partida. Everson lançou a bola para Savarino, que passou para o atacante. Cara a cara com Armani, Hulk tocou na saída do goleiro, por cima, para marcar o segundo: 2 a 0. O Atlético quase chegou ao terceiro gol aos 36 minutos, quando Hulk lançou para Vargas, que parou em Armani.

O Galo voltou para o segundo tempo com o mesmo domínio. Na primeira grande chance da etapa, aos nove minutos, Zaracho recebeu de Hulk e, com o gol livre, mandou longe.

O meia compensou aos 15 minutos, quando ampliou o placar para o Atlético. Após escanteio de Savarino, Guga ficou com a sobra do corte da zaga e devolveu para o atacante, que cruzou para Zaracho cabecear: 3 a 0.

Dominado pelo Galo, o River Plate levou perigo apenas aos 20 minutos, em finalização de Braian Romero. Como resposta, Hulk quase marcou mais um golaço por cima de Armani, mas estava em posição irregular. 

Aos 38, Everson fez outra grande defesa na partida. Desta vez, o goleiro do Galo salvou uma falta muito bem batida por Dela Cruz. Aos 41, Arana mandou uma bomba e viu Armani defender.

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!