Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira

Galvão questiona Héber Roberto Lopes sobre polêmica do VAR em São Paulo x Goiás

Narrador cita lance envolvendo a arbitragem de vídeo em partida pelo Campeonato Brasileiro

Redação Publicado em 17/11/2020, às 14h53 - Atualizado às 14h55

Galvão questiona Héber Roberto Lopes sobre polêmica do VAR em São Paulo x Goiás
Galvão questiona Héber Roberto Lopes sobre polêmica do VAR em São Paulo x Goiás - Transmissão/ SporTV

O programa “Bem, Amigos!” desta segunda-feira, 16, trouxe o debate sobre o VAR e contou com a presença do árbitro Héber Roberto Lopes. Após as críticas de Arnaldo Cezar Coelho quanto ao uso da tecnologia, Galvão Bueno citou uma recente polêmica envolvendo Héber.

O narrador lembrou do jogo entre São Paulo e Goiás, pela 20ª rodada do Brasileirão, no qual Héber era o responsável pelo VAR. Galvão mencionou a indefinição do gol marcado pelo Tricolor, em que o goleiro Tadeu defendeu o cabeceio de Brenner, mas o árbitro de campo confirmou o gol após sinalização do bandeirinha. O árbitro de vídeo não interferiu no lance.

As imagens não conseguiram captar se a bola passou ou não a linha do gol e o lance levantou muita discussão entre os torcedores esmeraldinos. Ao questionar a validade do gol, Galvão deixou Héber desconfortável.

“O ângulo da câmera não serve para qualquer lugar do campo. Conforme o ângulo da câmera, pode mudar a posição dessas linhas. Por acaso, o jogo do Goiás, que ninguém sabe se a bola entrou ou não... Sabe quem era o árbitro do VAR? Héber Roberto Lopes. E aí, Héber, a bola entrou ou não entrou?”, questionou o narrador.

“Eu soube, e queria saber de você se é verdade, que um jogador encontrou você no aeroporto e você falou: ‘Eu não tinha essa imagem específica’”, continuou Galvão.

Héber Roberto Lopes justificou a decisão pela confirmação do gol do São Paulo, que marcou a reação do clube paulista para a virar a partida e vencer por 2 a 1.

“O que eu falei no VAR, eu vou falar aqui. Quando as imagens são inconclusivas, permanece a decisão que é tomada dentro de campo, que o Galvão citou. Eu não tenho imagem, a imagem é inconclusiva. Segue a decisão de campo. Está lá no VAR gravado. Depois, encontrei, se não me engano, o [jogador] Rafael Moura que perguntou sobre a decisão e respondi: ‘Imagem inconclusiva’”, explicou o árbitro.

Por fim, Galvão Bueno parabenizou Héber pela postura de justificar a decisão durante o programa. O narrador salientou que a intenção não era colocar dúvida quanto a ética do árbitro.

“Eu quero lhe dar parabéns pela sua postura nessa entrevista, porque você veio receber uma homenagem e entrou para participar da discussão com conhecimento de causa, com toda a sua experiência. Em momento algum nós desejaríamos colocar você em uma posição ética de dizer se algum árbitro errou”, disse.

“Fico muito feliz porque você defendeu seu ponto de vista dentro do respeito e é aquilo: você está lá, tem que acreditar na máquina mesmo. Eu tenho o direito de desconfiar dela em alguns momentos e em algumas situações, é uma questão de análise. Parabéns pela postura, parabéns pelos 350 jogos na Série A e por igualar uma marca de Arnaldo Cézar Coelho. Bom demais te receber aqui”, completou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!