Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Esporte na TV » COMPLICADO

Gabigol vai à Justiça e tenta impedir Globo de mostrar caso do cassino em documentário; saiba mais!

Atacante do Flamengo está com o projeto na plataforma digital da emissora que mostra sua trajetória de vida

Redação Publicado em 22/03/2021, às 09h13

Gabigol saindo do Cassino clandestino em que estava em São Paulo
Gabigol saindo do Cassino clandestino em que estava em São Paulo - Govesp / Fotos Públicas

Segundo informações do site "UOL", a empresa que cuida da imagem do atacante do Flamengo, Gabigol, tentou no último sábado, 21, uma liminar na Justiça do Rio de Janeiro para impedir o lançamento do último episódio da série documental "Predestinado", que conta a história do jogador.

Acontece que nele, estaria presente o caso do cassino clandestino, onde o jogador foi flagrado há algumas semanas. O episódio, já liberado aos assinantes da plataforma da "Globo", foi reeditado para incluir a detenção do atleta.

A publicação destaca que o estafe de Gabigol recorreu à Justiça por entender que a "Globo" não respeitou o contrato.

Eles alegam que existem cláusulas que obrigam a emissora a consultar o jogador em caso de qualquer edição. O entorno dele, inclusive, só teria ficado sabendo das mudanças no próprio sábado e ao entrar em contato com a emissora, optou pela via judicial.

No domingo passado, a "Globo" confirmou ao site esportivo que reeditaria o documentário com cenas sobre o caso.

Segundo ela, o que mais teria incomodado o estafe e a família de Gabigol teria sido a forma como tudo aconteceu.

A "Globo" teria prometido uma homenagem ao atacante nas negociações para a produção do documentário. Um exemplo disso foram as atualizações feitas após a conquista do Campeonato Brasileiro.

Ainda em março, quando estava de férias, Gabigol recebeu a equipe do "Globoplay" na casa do seu empresário, em São Paulo, e falou sobre o oitavo título nacional do Flamengo

"Não resta qualquer dúvida que a aceitação dos autores acerca da elaboração do documentário está estritamente atrelada ao fato de que este foi apresentado e descrito pela ré como uma homenagem ao atleta Gabriel Barbosa e como de exaltação à sua carreira, sendo certo que a pretensão da ré se mostra totalmente contrária à tal premissa, configurando-se em exposição midiática de assunto estritamente relacionada à vida pessoal do atleta e extremamente delicado", diz um trecho do documento. 

Apesar das alegações da equipe do jogador, a juíza de plantão da 14ª Câmara Cível do Rio de Janeiro negou o pedido, alegando que as notícias já eram públicas.

Na decisão, a magistrada citou inclusive a entrevista que Gabigol deu ao "Fantástico", da TV "Globo", na semana passada, falando sobre o assunto.

"Ressalta-se que o próprio jogador do Flamengo, em entrevista concedida ao programa Fantástico, disse estar arrependido, deixando evidente que o fato ocorrido no dia 13 de março é público e notório", afirmou a magistrada. 

Além de tentar impedir as edições no conteúdo, a equipe do jogador pediu uma multa de R$ 2 milhões caso o "Globoplay" descumprisse a decisão.

A publicação indica que os advogados de Gabigol ainda estudam o que fazer depois da derrota, e novas batalhas judiciais não estão descartadas.

O episódio, chamado de "Um Ano em Dois", tem 33 minutos de duração. O caso do cassino é abordado em quatro minutos e 21 segundos e conta com depoimentos, imagens sobre assunto e a entrevista concedida pelo atacante para falar do caso para a própria "Globo".

Em trecho de nota oficial enviada à reportagem, a "Globo" diz considerar que o assunto é abordado por três minutos e trinta segundos. A diferença é que a emissora não conta a escalada e nem um depoimento específico sobre o assunto, que aparece no episódio separado das imagens que mostram Gabigol no cassino.

Procurada pelo site "UOL", a "Globo" afirmou que a produção do documentário seguiu seus princípios editoriais e que mesmo com o caso do cassino sendo abordado, ele não perde o caráter de homenagem ao atacante.

"'Predestinado' é um mergulho na história e nas origens do Gabriel Barbosa, o Gabigol. O documentário em formato de seriado retrata a vida e a carreira do jogador em ordem cronológica. O quarto e último episódio da série trata dos desafios de uma temporada marcada por três mudanças de treinadores, uma lesão séria, uma pandemia, e que terminou com mais um troféu nacional na galeria rubro-negra. Dos 33 minutos e 16 segundos de duração do episódio, a ida de Gabigol ao cassino é contada em três minutos e trinta segundos, dos quais 50 segundos reproduzem trechos da entrevista com explicações do jogador ao Fantástico da última semana. Como se sabe, o caso teve grande repercussão e sua abordagem em uma obra documental com características de entretenimento e jornalismo está em linha com os princípios editoriais do Grupo Globo. Vista em seu conjunto, a série deu voz a Gabigol e sua família para contarem a história do jogador e a abordagem pontual e proporcional da ida ao cassino em nada elimina o caráter de homenagem a um ídolo que conseguiu transcender o futebol e conquistar popularidade entre adultos e crianças".


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!