Sportbuzz
Testeira
Esporte na TV / MUDOU DE LADO?

Dentinho perde desafio, canta hino do Palmeiras e fala se jogaria no Verdão

No programa "Arena SBT", comandado por Benjamin Back, Dentinho falou sobre uma possível volta ao Brasil e revelou se jogaria no Palmeiras

Redação Publicado em 01/02/2022, às 12h04

Dentinho canta hino do Palmeiras - Getty Images
Dentinho canta hino do Palmeiras - Getty Images

Na noite da última segunda-feira, 31, Dentinho foi um dos convidados especiais do "Arena SBT", onde se envolveu em algumas polêmicas, cantou o hino do Palmeiras e revelou se jogaria ou não no Verdão. O programa, que é comandado por Benjamin Back, conta com Cicinho e Emerson Sheik como dois dos comentaristas fixos.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Dentinho ⚽🇧🇷 (@mlkdentinho)

Em meio ao programa, os ex-jogadores desafiaram Dentinho e Falcão, que também foi um convidado especial, para um partida de futmesa. Contudo, a partida tinha uma condição: quem sofresse cinco pontos perderia e teria que cantar o hino do Palmeiras. Com certa facilidade, Sheik e Cicinho fizeram 5 a 2 no placar e sentenciaram o castigo para a dupla adversária.

 

Canal - SportBuzz

Revelado no Corinthians e com a derrota no desafio, Dentinho teve que cantar o hino do maior rival do seu clube de formação. Falcão, que também não é palmeirense, entrou na brincadeira e soltou a voz. Tomado pela vergonha, o ex-atacante do Shakhtar se escondeu atrás de Falcão e cantou.

Mais a frente no programa, o atacante foi perguntado por Emerson Sheik se, nessa volta ao Brasil, o jogador aceitaria jogar no Palmeiras ou no São Paulo, os dois maiores rivais do Corinthians. O camisa 9 não pipocou e deixou claro que é profissional e que, quando procurou o Timão, foi rejeitado.

Dentinho canta hino do Palmeiras
Dentinho deixou o Shakhtar e está sem clube, podendo assinar de graça com quem quiser - Getty Images

"Igual eu sempre falo, eu sou profissional. Quando eu abri as portas para o Corinthians eles me recusaram. Então, hoje, se o São Paulo ou o Palmeiras abrirem as portas para mim eu penso, converso com a minha família. Se fosse uma decisão só minha, eu acho que no começo eu ia ser xingado pelas torcidas, mas depois eu tenho certeza que, com meu futebol, eu ia agradar e poderia ser um grande ídolo de qualquer um dos dois times", falou.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!