Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Esporte na TV » Falou mesmo!

Comentarista critica convocação da Seleção Feminina e leva resposta afiada de clube; veja!

Ana Thaís Matos, do Grupo Globo, falou em seu Twitter sobre a primeira convocação de Pia

SportBuzz Digital Publicado em 26/08/2019, às 18h39

None
Ana Thaís Matos (Crédito: Globo/ João Cotta)

A primeira convocação da Seleção Brasileira Feminina sob o comando de Pia Sundhage gerou algumas polêmicas entre pessoas que acompanham o futebol feminino.

No último domingo, 25, a comentarista do canal SporTV Ana Thaís Matos criticou a convocação no Twitter.

Thaisa foi cortada dos amistosos da Seleção Brasileira Feminina e a CBF chamou Aline Milene da Ferroviária. Me pergunto se os clubes brasileiros inserirem Ferroviária no nome serão mais lembrados? Tipo Santos Ferroviária, SPFC ferroviária, Flamengo Ferroviária”, alfinetou ela.

A Ferroviária, clube tradicional de São Paulo, não deixou barato e respondeu a jornalista.

"Olá, Ana Thais. Tudo bem? Segue algumas informações que talvez possam ajudar a entender a última convocação e a Ferroviária. Sobre nós: o clube investe no FF desde 2001, muito antes das exigências da FIFA e CBF. A Ferroviária é um dos poucos clubes que ganhou tudo no FF, Paulista, Copa do Brasil, Brasileiro e Libertadores. A Ferroviária é 4ª no ranking da CBF no futebol feminino, mesmo sendo um clube do interior e que não está entre as principais receitas do país no futebol masculino. Apesar de 1/3 das atletas convocadas para a última Copa do Mundo terem passagens pela Ferroviária, nenhuma delas tinha vínculo com o clube na convocação. Sobre a Aline Milene, ela já possui 8 convocações, incluindo a Copa América de 2018, esta é a primeira atuando pela Ferroviária. Sobre as atletas que jogam no Brasil, das 23 convocadas, com a Aline teremos 8 atletas que atuam no Brasil, poderia ser mais, mas não é um número ruim se considerarmos o investimento de alguns clubes europeus no FF", frisou o clube. 

Após a réplica da Ferroviária, Ana Thaís se explicou: “Repito o que eu disse. A critica não é feita para a Ferroviária, mas ao modo das convocações, que não mudou com a chegada da nova técnica. O FF (Futebol Feminino) brasileiro segue ignorado e boicotado.

Depois, brincou com a situação: “Mas aproveitem pra fazer propaganda mesmo, mais pessoas têm que conhecer o FF no Brasil.”.

A repercussão foi tão grande que a palavra “Ferroviária” chegou a figurar nos Trending Topics do Brasil.

Twitter Ferroviária (Crédito: Reprodução/Twitter)

 

Twitter Ferroviária (Crédito: Reprodução/Twitter)

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!