Sportbuzz
Testeira
Esporte na TV / SERÁ?

Comentarista aponta que apesar de Neymar estar na artilharia da seleção, ele não entra nos 10 melhores

Neymar é o segundo maior artilheiro da seleção, mas na opinião do comentarista, isso não o coloca no Top 10

Redação Publicado em 15/06/2021, às 12h28

Neymar não estaria entre os 10 melhores jogadores da seleção - GettyImages
Neymar não estaria entre os 10 melhores jogadores da seleção - GettyImages

Com o gol marcado diante da Venezuela, pela Copa América, Neymar está a 10 gols de passar Pelé na artilharia da Seleção Brasileira. No entanto, apesar de ser apontado por muitos como o pilar da equipe, a hegemonia do atacante não passou pelo comentarista Mano, do SBT.

Na opinião dele, apesar de estar em segundo como o maior artilheiro da história da seleção, Neymar não entra no Top 10 de melhores jogadores.

"Não dá para colocar o Neymar, hoje, entre os dez maiores jogadores da história da seleção brasileira. Os números não dizem nada. O maior artilheiro de Copas do Mundo é o Klose (defendendo a Alemanha). Ele foi mais jogador do que o Ronaldo Fenômeno? Rivaldo jogou menos bola do que o Klose?", disse o comentarista.

"Se você pegar a seleção de 70, todo mundo ali já está à frente do Neymar. O Neymar tem tudo para se tornar um dos maiores, está batendo recordes, mas não sai na foto ainda. Ele foi mais jogador do que o Rivellino, Rivaldo e Ronaldo Fenômeno? É óbvio que ele ainda não está entre os dez. Pode vir a ser, mas hoje não", completou.

Prestes a bater o recorde

 

Neymar está perto de alcançar a marca de Pelé na artilharia da Seleção Brasileira. Depois de marcar de pênalti, na vitória do Brasil contra a Venezuela, o atacante chegou a 67 gols com a amarelinha, apenas 10 atrás do Rei do Futebol.

Essa conta é baseada nos números da Fifa, já que a CBF tem critérios diferentes e considera jogos contra clubes e combinados. No ranking da Confederação Brasileira de Futebol ainda faltam 28 gols para Neymar igualar Pelé, que marcou 95 em 115 jogos.

Fazendo de pênalti, Neymar aumentou a vantagem do Brasil no Mané Garrincha. Depois de Danilo ter sido derrubado dentro da área, o atacante deslocou o goleiro da Venezuela e cobrou no canto esquerdo, sem chances para o adversário.

Em 2020, Neymar já tinha ultrapassado Ronaldo na briga pela artilharia da Seleção Brasileira nas contas da Fifa. O ex-centroavante balançou as redes 62 vezes em 98 duelos. Nas contas da CBF, eles estão empatados no segundo lugar do ranking de goleadores, ambos com 67 gols.

Já Pelé precisou de menos jogos para marcar mais gols do que ambos os craques. Nos critérios da Fifa, o Rei marcou 77 vezes em 92 compromissos com a amarelinha.

Depois da partida deste domingo, 13, o Brasil volta a campo na quinta-feira, 17, para enfrentar o Peru, às 21h (horário de Brasília).


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!