Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Esporte na TV » NOSTALGIA!

Casagrande revela qual foi o melhor centroavante que já viu jogar: “O meu grande ídolo”

Ex-jogador ainda reforçou a falta que um camisa 9 faz na Seleção Brasileira

Pedro Ungheria Publicado em 18/10/2019, às 12h41

Casagrande surpreendeu a todos com as revelações feitas na entrevista
Casagrande surpreendeu a todos com as revelações feitas na entrevista - Transmissão TV Globo

Durante o bate-papo do “Na Sala do Casa” desta sexta-feira, 18, Walter Casagrande entrou em um assunto muito divertido e nostálgico. Relembrando os maiores goleadores de sua época, o ex-jogador não teve papas na língua e contou qual foi o maior centroavante que já viu dentro dos campos.

Recordando sua ida à Itália, aos 24 anos, no auge de sua carreira, o atual comentarista disse que na Europa se deparou com um craque que se tornou seu ídolo, o famoso Marco Van Basten, que na época jogava pelo Milan.

“O meu grande ídolo é o Van Basten. Jogamos na mesma época na Itália, e eu vi o Van Basten fazer coisas incríveis. Ele tinha técnica com pé direito, com pé esquerdo, matava no peito, fazia gols de virada, tinha uma presença de área muito forte. O maior centroavante que eu vi jogar foi o Van Basten”, disse ele.

Além dele, outro nome que sempre esteve presente em toda sua formação como jogador foi César Maluco, grande ídolo da segunda Academia do Palmeiras. Em tons nostálgicos, Casão disse que, quando criança, comemorava seus gols dizendo o nome do atacante.

Por fim, o comentarista global revelou acreditar que a escassez de um jogador com essas características, como os dois citados anteriormente, está refletindo bastante na Seleção Brasileira, que, para ele, voltará a ter mais chances em Copas do Mundo quando voltar a ter um 9.

“O camisa 9 hoje está fazendo falta nos clubes, estão todos procurando um camisa 9, como o Fred, o Ricardo Oliveira, que já são mais velhos. Não estamos mais encontrando camisa 9 porque em um determinado momento os treinadores começaram a montar times com dois atacantes, de velocidade, sem um fixo na área. Eu acho que o futebol brasileiro vai começar a ter mais chances numa Copa do Mundo quando voltar a ter um 9”, pontuou o ex-jogador.

SportBuzz agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades do universo esportivo e dos seus atletas preferidos? Acesse https://t.me/sportbuzzbr e não dê mais nenhuma bola fora com o seu time do coração!