Sportbuzz
Testeira
Esporte na TV / EITA!

Casagrande detona manifesto dos jogadores da Seleção Brasileira: "Toma uma atitude de homem"

Atletas da Seleção Brasileira foram bastante criticados por Casagrande

Redação Publicado em 07/06/2021, às 17h47 - Atualizado às 18h39

Casagrande x Seleção Brasileira: comentarista detonou jogadores - Transmissão TV Globo
Casagrande x Seleção Brasileira: comentarista detonou jogadores - Transmissão TV Globo

Após a movimentação dos jogadores da Seleção Brasileira em torno da Copa América, o clima segue bastante agitado nos bastidores da CBF. Porém, a atitude dos atletas de disputar o torneio aliviou a pressão sobre os dirigentes, mas desagradou o comentarista Casagrande.

Durante o programa “Globo Esporte”, Casagrande comentou o manifesto que os jogadores da Seleção Brasileira pretendem divulgar antes do início da Copa América. Bastante irritado, o comentarista não poupou palavras para detonar os atletas.

 

Segundo ele, a decisão de jogar a Copa América ou não deve ser tomada em definitivo. Na visão de Casagrande, os jogadores da Seleção Brasileira precisam tomar uma “atitude de verdade, de homem”. Além disso, o comentarista ainda falou em covardia.

Manifesto? Esquece, gente. Ou joga ou não joga. Esquece esse negócio de 'vamos jogar, mas somos contra isso'. Toma uma atitude de verdade, de homem. Covardia. Isso que os jogadores vão fazer é uma covardia”, iniciou Casagrande.

O Brasil estava precisando de uma atitude de homem e de peso da seleção brasileira. O Brasil está numa crise sanitária enorme, e não é por causa do [Rogério] Caboclo que não queremos a Copa América aqui. Ele é outro problema”, completou.

VÃO JOGAR!

Apesar de estarem insatisfeitos com a realização da Copa América, os jogadores da Seleção Brasileira decidiram participar do torneio. Inúmeros fatos foram determinantes para que atletas e comissão técnica cogitassem boicotar a competição.

Contudo, o motivo que parece ter iniciado tudo foi a mudança do país-sede da competição que, devido a nova onda de Covid-19 na Argentina e a conflitos políticos na Colômbia, passou a ter sua realização no Brasil

A forma como Rogério Caboclo tratou o assunto foi outro ponto que incomodou os atletas. De acordo com as informações do site GE, os líderes do elenco até tentaram resolver a situação em uma reunião marcada com o dirigente na última quarta-feira, 2. 

No encontro, com o agora ex-presidente da CBF, os jogadores expressaram sua opinião e sugeriram que os jogos atrasados das Eliminatórias fossem disputados ao invés de ter a disputa da Copa América, mas o pedido não foi atendido.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!