"Eu não aceitei a proposta da ESPN devido a um radical contrato de exclusividade onde eu não posso fazer tv aberta, YouTube, rádio, jornal, blog, podcast, enfim, uma série de atividades que qualquer profissional de mídia ativo hoje não pode ficar de fora! Além disso, toda essa exclusividade exigida não teria nenhum aumento na minha remuneração, sendo assim optei em sair", completou.
 
Confira o vídeo completo:
 
 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Benjamin Back (@benjaminbackoficial)