Sportbuzz
Testeira
Colunistas / Eduardo Colli / JOGOS OLÍMPICOS!

Conheça mais sobre o COI - Comitê Olímpico Internacional

Fique por dentro de como surgiu e quem foram os presidentes da organização responsável pela realização dos Jogos Olímpicos

Eduardo Colli Publicado em 17/06/2021, às 13h55 - Atualizado às 14h33

Nova sede do COI, inaugurada em maio de 2019. - Getty Images
Nova sede do COI, inaugurada em maio de 2019. - Getty Images

O COI (Comitê Olímpico Internacional) foi criado em Paris, no dia 23 de junho de 1894 e, a partir do dia 10 de abril de 1915, foi definitivamente estabelecido em Lausanne, na Suíça.

É uma organização não governamental sem fins lucrativos, constituída sob a forma de associação, regida pela Carta Olímpica e por regras para organizar os Jogos Olímpicos e impulsionar o Movimento Olímpico. Possui todos os direitos relativos sobre o símbolo, a bandeira, o lema, o hino e os Jogos Olímpicos.

A meta do Movimento Olímpico é contribuir para um mundo em paz e auxiliar a educação da juventude através da prática desportiva sem discriminação, em um espírito de amizade, solidariedade e jogo justo.

As principais fontes de receitas do COI são a publicidade e comercialização de artigos comemorativos dos Jogos e a venda dos direitos de transmissão dos eventos Olímpicos.

Visão: “Construir um mundo melhor através do esporte”.

Valores: “Excelência”, “Respeito” e “Amizade”.

Missões e funções:

1. Promover à ética e a boa governança no esporte, a educação dos jovens através do esporte, garantir o jogo limpo e excluir a violência do esporte;

2. Estimular e apoiar a organização, desenvolvimento e coordenação do esporte e das competições esportivas;

3. Garantir a celebração regular dos Jogos Olímpicos;

4. Colocar o esporte a serviço da humanidade, promovendo assim a paz;

5. Fortalecer a unidade do Movimento Olímpico, proteger sua independência, manter e promover sua neutralidade política e salvaguardar a autonomia esportiva;

6. Opor-se a todos os tipos de discriminação que afetam o Movimento Olímpico;

7. Incentivar e apoiar os representantes dos atletas escolhidos no Movimento Olímpico para todos os aspectos relacionados aos Jogos Olímpicos;

8. Estimular e apoiar a promoção da mulher no esporte, em todos os níveis e todas as estruturas, efetivando a igualdade entre o homem e a mulher;

9. Liderar a luta contra doping e tomar medidas contra todos os tipos de manipulação da concorrência e corrupção nesta área;

10. Incentivar e apoiar medidas relacionadas aos cuidados médicos e à saúde dos
atletas;

11. Opor-se a qualquer abuso político ou comercial de esportes e atletas;

12. Estimular e apoiar os esforços para garantir o futuro social e profissional dos atletas;

13. Estimular e apoiar o desenvolvimento do esporte para todos;

14. Estimular e apoiar uma atitude responsável em relação aos problemas ambientais, promovendo o conceito de desenvolvimento sustentável no esporte;

15. Promover para que os Jogos Olímpicos deixem um legado positivo nas cidades, regiões e sedes dos países;

16. Estimular e apoiar iniciativas que associam o esporte à cultura e treinamento;

17. Estimular e apoiar as atividades da Academia Olímpica Internacional (AOI) e
outras instituições dedicadas à educação olímpica;

18. Promover esporte seguro e a proteção dos atletas contra todas as formas de assédio e abuso.

 

Curiosidade: O que é o “olimpismo”?

É uma filosofia da vida, exaltando e combinando em um todo equilibrado as qualidades do corpo, vontade e mente. Procura criar um modo de vida baseado na alegria do esforço, no valor educacional do bom exemplo, na responsabilidade social e no respeito pelos princípios éticos fundamentais universais.

 

Sede antiga do COI em Lausanne, na Suíça (Crédito: Getty Images)

 

Estrutura

O presidente de COI é eleito pelos membros, através de voto secreto para um mandato inicial de quatro anos, podendo reeleger-se para mais um mandato de quatro anos. Ele preside todas as atividades do COI e deve representar isto permanentemente.

O COI elege seus sócios entre pessoas consideradas qualificadas. Os membros do COI o representam nos seus respectivos países. Atualmente são 105 membros, um presidente honorário (Jacques Rogge) e 45 membros honorários, que se encontram no mínimo uma vez por ano.

O Comitê Executivo é composto pelo presidente do COI, por quatro vice-presidentes e por seis membros adicionais. Todos os membros do Comitê Executivo são eleitos nas sessões, através de voto secreto, por maioria de votos.

Comissões

Com função de facilitar o trabalho do COI em áreas específicas, os grupos especiais, conhecidos como comissões, são designados pelo presidente e têm função aconselhadora. Suas atividades são definidas pelo presidente.

Algumas das Comissões são: Academia Olímpica Internacional; Educação Olímpica; Elegibilidade; Atletas; Cultural; Finanças; Médica; Jurídica; Esportes para Todos; Imprensa e Solidariedade Olímpica.

Presidentes

Demetrius Vikelas - Grécia – 1894 a 1896
✩15/02/1835 – Hermópolis - Grécia
† 20/07/1908 – Atenas – Grécia

Pierre de Fredi, o Barão de Coubertin – França – 1896 a 1925
✩01/01/1863 – Paris - França
† 02/09/1937 – Genebra – Suíça

Henri de Baillet-Latour – Bélgica – 1925 a 1942
✩01/03/1876 – Bruxelas – Bélgica
† 06/01/1942 – Bruxelas – Bélgica

Johannes Sigrid Edström – Suécia – 1946 a 1952
✩21/11/1870 – Orust - Suécia
† 18/03/1964 – Estocolmo - Suécia

Avery Brundage – Estados Unidos – 1952 a 1972
✩21/09/1887 – Detroit - EUA
† 08/05/1975 – Garmisch-Partenkirchen – Alemanha

Michael Morris, o Lord Killanin – Inglaterra – 1972 a 1980
✩30/06/1914 – Londres - Inglaterra
† 25/04/1999 – Dublin – Irlanda

Juan Antonio Samaranch – Espanha – 1980 a 2001
✩17/071920 – Barcelona - Espanha
† 21/04/2010 – Barcelona - Espanha

Jacques Rogge – Bélgica – 2001 a 2013
✩02/05/1945 – Gante – Bélgica

Thomas Bach – Alemanha – 2013 a 2020
✩29/12/1953 – Würzburg – Alemanha

Thomas Bach, atual presidente do COI (Crédito: Getty Images)

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!