Sportbuzz
Coronavírus / TÊNIS!

Djokovic é liberado de detenção na Austrália após recurso ser aceito

Djokovic teve a decisão, que cancelava seu visto de entrada no país revogada por um juiz da Austrália, mas ainda corre o risco de ser deportado

Redação Publicado em 10/01/2022, às 07h18

Djokovic, jogador de tênis - GettyImages
Djokovic, jogador de tênis - GettyImages

Nesta segunda-feira, 10, a decisão do governo da Austrália em cancelar o visto do tenista Novak Djokovic, utilizado para participar do Australian Open sem a comprovação da vacinação foi anulada. Anthony Kelly, juiz responsável pelo caso, ordenou que o atleta fosse liberado imediatamente da detenção em que estava desde o início da semana passada, na imigração.

Na audiência que definiu a situação de Djokovic no país, o juiz responsável ainda destacou que a decisão de cancelar o visto temporário do tenista seria revogada, e que o governo australiano teria que arcar com seus custos, e que tomaria "todas as providências necessárias para liberar o requerente imediatamente".

Canal - SportBuzz

Depois da decisão, o governo da Austrália informou que vai recorrer da sentença dada pelo magistrado sobre o caso. Segundo o portal australiano "The Age", o ministro da imigração, Alex Hawke, disse que caso Djokovic tenha novamente o visto cancelado, ele pode ser proibido de entrar na Austrália pelos próximos três anos.

Do outro lado, o advogado de Djokovic, Nicholas Wood, responsável por defender o que o tenista acredita, confirmou que a estrela do tênis, o número 1 do mundo, já está alinhado com toda a sua equipe jurídica em um local que ainda não foi revelado, debatendo sobre tudo que aconteceu nos últimos dias.

Djokovic, tenista que ficou retido na Austrália por não ter se vacinado contra o coronavírus (Crédito: GettyImages)

 

Vale lembrar que recentemente Djokovic apresentou ao governo da Austrália documentos que indicariam que ele sofreu uma infecção recente pelo coronavírus. Conforme as regras sanitárias do país, pessoas vindas de fora que tiveram Covid-19 nos últimos seis meses entram em uma regra de exceção, que no caso do atleta o deixaria apto a disputar o Australian Open.

No entanto, o que intriga nesse caso é o fato de a infecção pelo coronavírus de Djokovic ter se tornado pública somente agora, sendo que conforme os documentos apresentados pela defesa do tenista, um dia depois de saber que estava contaminado, ele foi a um evento e abraçou as crianças presentes por lá.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Novak Djokovic (@djokernole)

 


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!