Sportbuzz
Coronavírus / TÊNIS!

Djokovic é barrado no aeroporto ao tentar ir para o Australian Open

Sem ter tomado a vacina contra o coronavírus, Djokovic havia conseguido uma autorização para participar do Australian Open mesmo sem o comprovante

Redação Publicado em 05/01/2022, às 13h54

Djokovic, tenista que não vai poder participar do Australian Open - GettyImages
Djokovic, tenista que não vai poder participar do Australian Open - GettyImages

Nesta quarta-feira, 5, o tenista Novak Djokovic foi retido no aeroporto de Tullamarine, em Melbourne, na Austrália quando tentava entrar no país portando uma autorização especial concedida pelo Australian Open por não ter se vacinado contra o coronavírus. No entendo, o documento dado ao número 1 do mundo não deu a exceção que ele queria.

Segundo o pai do tenista, Srdjan Djokovic, o tenista sérvio está aguardando por uma decisão final para saber se vai poder entrar no país para competir ou não, e que até esse processo terminar, ele está isolado em uma sala específica do aeroporto para não ter contato com nenhuma pessoa.

Canal - SportBuzz

Inclusive, essa autorização de exceção ao comprovante de vacinação, concedida a Djokovic pelo Australian Open gerou uma grande polêmica no país. O primeiro-ministro da Austrália disse, no início do dia que o sérvio teria que provar que não pode se vacinar contra o coronavírus assim que desembarcasse em Melbourne.

Dessa forma, Djokovic chegou na Austrália por volta de 23h30 no horário local (9h30 no horário de Brasília). Por lá, ele teria sido interrogado por oficiais da Força de Fronteira Australiana, e segundo informações da imprensa australiana, existem dúvidas sobre a documentação do tenista, utilizada para justificar a autorização de exceção para pessoas não vacinadas.

Por conta disso, a ministra dos esportes em exercício no estado de Victoria, Jaala Pulford confirmou que apesar de o governo federal ter procurado, o governo local não vai dar apoio ao visto de Djokovic para que o tenista sérvio possa ser liberado sem problemas, e seguir rumo a disputa do Australian Open.

Djokovic, jogador de tênis que foi barrado no Australian Open (Crédito: GettyImages)

 

"O governo federal perguntou se apoiaremos o pedido de visto de Novak Djokovic para entrar na Austrália. Não forneceremos a Novak Djokovic apoio individual no pedido de visto para participar do Australian Open. Sempre fomos claros em dois pontos: a aprovação de vistos é um assunto do Governo Federal e as isenções médicas são um assunto dos médicos", informou a ministra.

Vale lembrar que para poder competir no Australian Open, mas sem precisar passar pelo processo de quarentena de 14 dias, que está sendo exigido pelo estado de Victoria, todos os tenistas participantes precisam estar com a imunização completa contra o coronavírus, com duas doses, ou com a dose única, ou ainda utilizar dessa autorização de exceção.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Novak Djokovic (@djokernole)

 


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!