Sportbuzz
Testeira
Colunistas / Carlos Orlando Barbosa / GP da Inglaterra 10ª etapa - FANTÁSTICO, FANTÁSTICO E FANTÁSTICO

Hamilton volta para a briga com a faca nos dentes e mostra porquê é heptacampeão

Que fim de semana excepcional foi este no circuito de Silverstone, na Inglaterra

Carlos Orlando Barbosa Publicado em 19/07/2021, às 15h12

GP de Silverstone na Inglaterra - Getty Images
GP de Silverstone na Inglaterra - Getty Images

Ninguém pode reclamar de falta de emoção!

Começa que pela primeira vez na história da fórmula 1 foi utilizado, como teste, o sistema de “qualificação Sprint”. Uma novidade que ninguém sabe exatamente que impactos poderá trazer para o campeonato.

Na sexta-feira (16/7), que normalmente seria para os ajustes dos carros, aconteceu a qualificação tradicional com Q1, Q2 e Q3 de onde saiu a definição do grid para o sábado.

Para surpresa de todos, Lewis Hamilton/Mercedes conseguiu a melhor volta, superando Max Verstappen/Red Bull.

Lewis Hamilton conversando com Peter Bonnington - Créditos / Getty Images

Não sem motivos, foi um dia só de festas para Mercedes e para Inglaterra.

Para completar o grid do sábado, ficou Valtteri Bottas/Mercedes em 3º, Charles Lerclerc/Ferrari em 4º e Sérgio Pérez/Red Bull em 5º.

Já no sábado, a grande expectativa era para a novidade “qualificação Sprint”. O autódromo estava lotado.

A qualificação Sprint ou Sprint Race como também é chamada, é uma corrida curta de 100Kms, 17 voltas no caso do circuito de Silverstone e que define o grid de largada do domingo. O vencedor da Sprint Race ganha 3 pontos, o segundo ganha 2 pontos e o terceiro colocado recebe 1 ponto. Não tem ponto para volta mais rápida.

Outro fator importante, após a qualificação da sexta-feira, os carros ficam fechados. Ou seja, não pode ser feito qualquer ajuste para melhorar o desempenho.

Bem diferente do sistema atual onde a sexta e o sábado são importantíssimos para os ajustes finos.

Logo na largada, Verstappen saiu na frente do Hamilton e não deu mais espaço para qualquer ameaça, garantindo os 3 pontos. Para Hamilton só restou lamentar a perda de 1 ponto no campeonato.

Seria a festa para a Red Bull se o Sérgio Pérez não tivesse saído da pista e caído para a última posição.

É verdade que a qualificação Sprint é um teste, mas aparentemente os pilotos evitam forçar muito para não correr o risco de danificar o carro, como no caso do Pérez.

Parece que a tendencia é só ter uma movimentação nas primeiras voltas e daí por diante administrar...

Vamos ver. Ainda teremos 2 GPs de teste. Provavelmente um na Europa e o outro pode ser no Brasil.

Após a qualificação Sprint, o grid ficou Verstappen em 1º, Hamilton em 2º, Bottas em 3º, Leclerc em 4º e Norris em 5º. Destaque para o Fernando Alonso/Alpine que largou em 11º e ficou em 7º.

A corrida do domingo foi outra história.

Com 33 pontos atrás do Verstappen no campeonato, e depois de perder a pole em casa, no sábado, Hamilton estava alucinado para virar o jogo.

E foi isso que se viu já na primeira volta.

Logo na largada, Hamilton e Verstappen protagonizaram uma das disputas mais emocionantes dos últimos tempos na fórmula 1. 

Hamilton tomou a liderança por alguns metros, Verstappen retomou na curva seguinte e assim foram até a curva 9, a Cupse, quando a roda dianteira esquerda da Mercedes bateu na roda traseira direita da Red Bull. Verstappen bateu forte nos pneus de proteção. Felizmente, apesar do impacto de 51Gs, não houve nada de grave.

A equipe da Red Bull se posicionou como uma falha absurda do Hamilton, uma vez que a curva Cupse não é local para ultrapassagem...A Mercedes defendeu que foi um acidente normal de corrida.

Isso ainda dará muita discussão, pois tem argumentos para ambos os lados. Não pela justificativa da Red Bull, pois não existe proibição de ultrapassagem naquela curva. Mas sim se o Hamilton reduziu ou não o espaço propositadamente para o Verstappen.

Com o acidente, Lerclerc ultrapassou Hamilton e assumiu a liderança. Bottas em terceiro

Corrida parada, carros nos boxs para retirada do carro da Red Bull e acerto das barreiras de segurança.

Os comissários decidiram pela punição de 10 segundos para o Hamilton em função do acidente.

Relargada na volta 4. Norris ultrapassa Bottas.

Lerclec começou a ter problemas de apagão elétrico no carro, mas seguiu com folga na frente. Hamilton não conseguia se aproximar da Ferrari.

Na volta 28 Hamilton cumpriu a penalidade e trocou os pneus. Tempo de 14.2 segundos.

Voltou na 4ª posição. Atrás de Lerclerc, Bottas e Norris

Leclerc trocou os pneus na volta 30, com 2.6 segundos, e retornou ainda na liderança.

Aí entra o Hamilton alucinado.

Com pneus bons, começou a fazer volta mais rápida atrás de volta mais rápida. Ultrapassou Norris na volta 31, quando ainda faltavam 13 segundos para o Lerclerc.

Na volta 41 ultrapassou Bottas, ainda com 8 segundos do Lerclerc e com 11 voltas para o final.

A Ferrari de Lerclerc já não conseguia superar a Mercedes.

Volta a volta a distância só diminuía. Faltando 7 voltas para o final a diferença era de 4 segundos.

Por ironia, na volta 50 o Hamilton ultrapassou o Lerclerc justamente na curva Cupse...

Hamilton completou a 52ª volta comemorando com muita emoção.

Pegou a bandeira da Inglaterra, e lembrando o Senna, foi junto ao público para festejar.

Dia inesquecível; para Hamilton, que agora tem apenas 8 pontos de distância do Verstappen; para Bottas, que pulou para 4ª posição no mundial de pilotos, e sem dúvidas para Mercedes que viu a Red Bull marcar apenas os 3 pontos da Sprint Race e que agora tem uma vantagem de apenas 4 pontos no mundial de construtores.

Com certeza a guerra esta declarada.

PRÓXIMA CORRIDA – GP da Hungria dia 01/08/21

GP da Inglaterra - Crédito / Getty Images

 

MUNDIAL DE PILOTOS (10+)

1-M.Verstappem, 185 pontos

2- L. Hamilton, 177 pontos

3- L. Norris, 113 pontos

4- V.Bottas, 108 pontos

5- S. Pérez, 104 pontos

6- C. Leclerc, 80 pontos

7- C.Sainz Jr, 68 pontos

8- D.Ricciardo, 50 pontos

9- P.Gasly, 39 pontos

10- S.Vettel, 30 pontos

 

MUNDIAL DE CONSTRUTORES (5+)

1-Red Bull/Honda, 289 pontos

2-Mercedes, 285 pontos

3-McLaren/Mercedes, 163

4-Ferrari, 148

5-Alpha Tauri/Honda, 49


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!