Sportbuzz
Testeira

GP da Áustria: Corrida dos sonhos de Max Verstappen e pesadelo para Lewis Hamilton

Podemos dizer que Max Verstappen está em estado de graça. Uma corrida dos sonhos

Carlos Orlando Barbosa Publicado em 05/07/2021, às 13h04

Max Verstappen vence o GP da Áustria - Getty Images
Max Verstappen vence o GP da Áustria - Getty Images

Se a corrida anterior, no mesmo circuito, já havia sido espetacular com uma volta sobre Lewis Hamilton, imagina no GP da Áustria onde fez barba e cabelo.

Foi pole, fez a volta mais rápida, liderou as 71 voltas, colocou 18 segundos sobre Valtteri Bottas, viu seu principal adversário terminar na 4ª posição e aumentar para 32 pontos a vantagem no campeonato de pilotos. 

Hamilton durante o GP da Áustria - Créditos: Getty Images

 

Para Max Verstappen não podia ter sido melhor. Já para a Red Bull só não foi melhor pois a corrida de Sergio Pérez foi bem complicada.

Logo na volta 4, após disputa pela 2ª posição com Lando Norris/McLaren, Pérez foi para a brita e com isso caiu para 10º.

Foi ruim também para Norris que tomou uma penalidade de 5 segundos pela manobra.

Para piorar ainda mais para Red Bull, após uma corrida de recuperação, nas voltas 42 e 48 Pérez fez com Charles Lerclerc/Ferrari exatamente o que Norris havia feito com ele na volta 4 (fechou a passagem na curva de forma imprudente) e por isso tomou duas penalidades de 5 segundos cada... A 6ª posição foi o preço.

Valtteri Bottas reapareceu no pódio. Largou em 5º e terminou em 2º, garantindo pontos importantes para Mercedes.

Lewis Hamilton teve um GP para esquecer. Mais um neste ano.

Não só por ter largado em 4º e terminado na mesma posição, mas pelo desempenho muito abaixo do esperado. 

Logo na volta 4, após briga de Norris e Pérez, Hamilton assumiu a 3ª posição e foi a caça de Norris/McLaren. Incrivelmente não conseguia a ultrapassagem. Só foi conseguir na 20ª volta, quando já estava a 9 segundos de Verstappen.

Max Perez pela Red Bull no GP da Áustria - Créditos: Getty Images

 

Este tempo todo perdido atrás da McLaren pode ter provocado a corrida tranquila para o Verstappen e inviabilizado a briga por uma posição melhor para Hamilton.

Para ficar pior, em função de danos no assoalho do carro e perda de estabilidade, Hamilton teve que ceder a 2ª posição para Bottas na volta 52, e a 3ª posição para Norris na volta 54.

Foi surpreendente o desempenho da McLaren (motor Mercedes) neste GP. Norris só não terminou em 2º em função da penalidade de 5 segundos, e o Daniel Ricciardo, que largou em 13ª, terminou em 7º.

Estes últimos dois GPs (Estíria e Áustria) foram na casa da Red Bull, o próximo será na casa de Lewis Hamilton. Das últimas 8 corridas no circuito de Silverstone, Lewis Hamilton venceu 6.

No GP da Inglaterra também será a primeira vez na fórmula 1 que teremos a corrida SPRINT para classificação.

Na sexta (16/07) teremos a sessão de classificação que determinará o grid do sábado.

No sábado teremos a corrida Sprint. Uma corrida de 100km com 17 voltas.

Após a corrida os carros ficarão fechados, não sendo permitido qualquer alteração.

No domingo a ordem no grid será de acordo com o final da corrida de sábado.

Ou seja, pela primeira vez poderemos ter um pole position sem que necessariamente tenha feito a volta mais rápida.

Será ainda na forma de teste, a ser realizado em 3 países e o Brasil poderá ser um deles. Aguardemos

CAMPEONATO DE PILOTOS (10+)

1-M. Verstappen – 182 pontos

2-L. Hamilton – 150

3-Sergio Pérez – 104

4-L. Norris – 101

5-V. Bottas – 92

6-C. Leclerc – 62

7-C. Sainz Jr – 60

8-D. Ricciardo – 40

9-P. Gasly – 39

10-S. Vettel – 30

 

CAMPEONATO DE CONSTRUTORES (5+)

1-Red Bull/Honda – 286 pontos

2-Mercedes – 242

3-Ferrari – 122

4-Alpha Tauri/Honda – 48

5-Aston Martin/Mercedes - 44


 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!