Sportbuzz
Testeira
Colunistas / Bel Mota / BEL E AS FERAS

Daiane dos Santos abre o jogo sobre assuntos da vida no Bel e as Feras

Daiane dos Santos abriu o coração em entrevista ao podcast Bel e as Feras e falou sobre carreira, controle emocional, dor física, fé e muito mais

Redação Publicado em 03/04/2022, às 08h00

Daiane dos Santos e Bel Mota - Reprodução/Instagram/Divulgação/Bel e as Feras
Daiane dos Santos e Bel Mota - Reprodução/Instagram/Divulgação/Bel e as Feras

Daiane dos Santos passou a ser referência no esporte e na vida de milhares de crianças e mulheres a partir do momento em que colocou seu collant e foi competir. Hoje, aos 39 anos, a ex-ginasta continua inspirando pessoas por onde passa falando sobre suas dificuldades, mas também dos momentos prazerosos da carreira.

Em entrevista ao podcast "Bel e as Feras", apresentado pela jornalista Bel Mota, Daiane abriu o coração sobre assuntos importantes. Sendo tão nova, mas ao mesmo tempo tendo que lidar com muita pressão por conta da ginástica, a ex-atleta revelou que é difícil um profissional de alto nível não pensar em desistir nestes casos.

Canal - SportBuzz

"Tem situações adversas que acontecem que acabam nos desanimando em algum momento. A questão das dores, é meio que parte do processo que eu enxergo no esporte de alto rendimento, a gente lida com o corpo até o limite máximo e as vezes além do máximo, então são questões que acabam entrando ali junto no pacote", contou.

Além de ganhar as capas dos jornais e revistas pelas conquistas e novidades que levava para a ginástica e o Brasil, Daiane dos Santos também estampou manchetes nada animadoras com suas lesões e cirurgias. A ex-ginasta lembrou que ao todo passou por 11 procedimentos por conta dos problemas que teve ao longo da carreira.

Daiane dos Santos na época em que competia pelo Brasil
Daiane dos Santos na época em que competia pelo Brasil (Crédito: GettyImages)

 

Apesar disso, ela destaca que em sua visão existem coisas mais difíceis de se superar do que a dor física de uma lesão, por exemplo, como questões emocionais e até mesmo de dificuldades em si, apontados por ela como o preconceito que viveu durante toda a sua vida esportiva. Foi por conta de mulheres inspiradoras que ela aprendeu a não desanimar e levantar a cabeça.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por BEL E AS FERAS (@belmota)

 

"Óbvio que a gente pensa em alguns momentos largar tudo, mas aí a agente volta a conversa que a gente ali no comecinho sobre o amor, e a gente entende que tudo que estamos fazendo ali não é só para nós, não é só para a Daiane, é para outras mulheres, é para outras meninas entenderem que não vai ser fácil, mas que é possível", destacou.

Para saber mais sobre como Daiane dos Santos fez e ainda faz para lidar com diversas questões, acesse o episódio completo do podcast Bel e as Feras nas plataformas de áudio (clique aqui) e também fique ligados nas redes sociais, uma vez que por lá você tem acesso a demais conteúdos da entrevista e novos episódios.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!