Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Basquete » NBA

Morte de Kobe Bryant completa um ano

Queda de helicóptero que causou a morte de Kobe, sua filha e outras sete pessoas tem causa detectada, mas vítimas seguem com processos na Justiça

Redação Publicado em 26/01/2021, às 10h19 - Atualizado às 10h22

Morte de Kobe Bryant completa um ano
Morte de Kobe Bryant completa um ano - GettyImages

Em 26 de janeiro de 2020, a morte de Kobe Bryant, aos 41 anos, deixava o mundo arrasado. Nesta terça-feira, o acidente de helicóptero que causou a morte de uma das maiores lendas da história do basquete e outros oito passageiros, incluindo a filha do ex-jogador, Gianna, completa um ano.

Além de Kobe e Gianna Bryant, de 13 anos, as outras vítimas eram John Altobelli, Keri Altobelli, Alyssa Altobelli, Sarah Chester, Payton Chester, Christina Mauser e Ara Zobayan (piloto).

Todas as vítimas tinham ligação com a família do astro da NBA. Antes da tragédia em Calabasas, na Califórnia, estavam a caminho de um jogo de basquete em Thousand Oaks, no centro de treinamento Mamba Academy, construído por Bryant.

Um ano após a tragédia, a viúva de Bryant, Vanessa Bryant, segue na justiça cobrando a indenização da Island Express Helicopters, empresa responsável pelo voo. As famílias das vítimas cobram a responsabilidade da companhia, enquanto a defesa de Ara Zobayan alega que a culpa da queda do helicóptero foi dos passageiros, que insistiram em voar apesar do alerta sobre as difíceis condições de voo daquele dia.

Em um mês de investigações, em fevereiro do ano passado, foi apontado “causa acidental” como motivo do acidente. A autópsia detectou que o piloto Ara Zobayan estava sóbrio e que não houve falha mecânica. Um relatório final sobre o acidente deve ser publicado em fevereiro deste ano, quando se encerram as investigações.

O impacto devastador da morte de Bryant se justifica pelo símbolo que ele representa na comunidade do basquete e do esporte no geral. Classificado como um dos melhores de todos os tempos, o astro do Los Angeles Lakers foi o maior ídolo de massa em uma época em que o poder da NBA se espalhava e ganhava força em todo o planeta.

Eterno camisa 24, Kobe Bryant conquistou cinco vezes a NBA, além de duas medalhas de ouro nas Olimpíadas.

Relembre marcas importantes da tragetória de Kobe Bryant, o Mamba, o astro dos Lakers:

Draft

Kobe Bryant foi a 13ª escolha do Draft de 1996, quando foi recrutado pelo Charlotte Hornets, aos 17 anos, sem mesmo ter ido para a faculdade, e logo foi trocado pelo veterano Vlade Divac e enviado aos Lakers, onde vestiu as cores da franquia de Los Angeles em toda carreira, conquistando cinco títulos da NBA.

Primeiro título

Kobe conquistou seu primeiro título da NBA em 2000, diante dos Pacers, marcando o início da dinastia tricampeã do basquete com Shaquille O’Neal e Phil Jackson. As outras duas taças foram conquistadas em 2001 (erguida diante dos 76ers) e em 2002 (diante do New Jersey Nets, atualmente Brooklyn Nets).

All-Star

Em 20 temporadas, Kobe Bryant ganhou 18 seleções de All-Star.

Principal jogador dos Lakers

Após a temporada 2003/2004, Shaq saiu dos Lakers e Kobe tornou-se a principal estrela do time, no que foi um ‘recomeço’ de sua carreira.

Ouro Olímpico

A primeira medalha de ouro em Jogos Olímpicos com os Estados Unidos veio em 2008, um ano após a conquista do título mundial de Las Vegas. O segundo ouro foi conquistado na Olimpíada seguinte, em Londres 2012.

Jogador Mais Valioso (MVP)

Bryant ganhou só uma vez o título de MVP. Na temporada 2007/2008, foi eleito o jogador mais valioso da NBA. O time fez uma bela campanha, mas perdeu nas finais para o Boston Celtics, por 4 a 2.

Kpbe Bryant é eleito o MVP da temporada 2007/2008 da NBA (Crédito: GettyImages)

 

Tetra e Pentacampeonato da NBA

Em 2009, os Lakers derrotaram os Celtics em sete jogos e faturaram o quarto anel da NBA, no que representou uma revanche das finais de 2008. Dois anos depois, em 2010, diante do mesmo Boston Celtics, levantou pela quinta vez o troféu da NBA.

Maior pontuador da história dos Lakers

Em 2010, durante a partida contra o Memphis Grizzlies, Kobe se tornou o maior pontuador da história do Los Angeles Lakers.

Kobe se trona o maior pontuador da história dos Lakers (Crédito: GettyImages)

 

Três pontos

Uma expressiva marca de Bryant foi ter sido o primeiro jogador da NBA a converter 12 cestas de três em um único jogo. Na ocasião, em 2003, os Lakers venceram o Seatlle Supersonics por 119 a 98, e Kobe chegou à marca em 18 tentativas.

Depois do astro dos Lakers, Donyell Marshall, em 2005, com 12 em 19, e Stephen Curry, em 2019, com 12 em 16 tentativas, também chegaram ao feito.

50 pontos

Entre os dias 16 e 23 de março de 2007, Bryant marcou 50 pontos ou mais em quatro partidas consecutivas. Sua sequência foi interrompida quando marcou 43 pontos, na vitória por 115 a 113 diante do Golden State Warriors, em 26 de março. Antes dele, apenas Wilt Chamberlain conseguiu feitos maiores no início dos anos 60, com um recorde de sete jogos consecutivos.

Aposentadoria

Após 20 anos de carreira no basquete, Kobe Bryant anunciou que se aposentadoria ao término da temporada 2015/2016. Ele deu a notícia por meio de uma poética carta destinada à bola laranja.

Oscar

A lenda do basquete transformou o poema de sua aposentadoria em um curta-metragem de animação ("Dear Basketball") que ele escreveu e narrou. Em 2018, Bryant venceu o Oscar na categoria "Melhor curta-metragem de animação", colocando seu nome na história também fora das quadras. 

"Meu amigo, uma lenda, marido, pai, filho, irmão, vencedor do Oscar e o maior Laker de todos os tempos se foi", escreveu no Twitter Magic Johnson, guarda do Hall of Fame Lakers e herói da infância de Bryant . "É difícil de aceitar". 

Hall da Fama

Em fevereiro, Kobe Bryant integrará a lista de indicados à turma de 2020 do Hall da Fama. O cinco vezes campeão da NBA já estaria na lista mesmo antes de sua morte, mas essa é uma triste coincidência na história do basquete.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!