Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
NBA/Basquete / IRRITADO!

NBA: Analista se arrepende de voto em Gobert para Defensor do Ano: “Estou…”

Analista da NBA revela estar arrependido em voto em Rudy Gobert para Defensor do Ano após péssimas atuações nas finais do Oeste

Redação Publicado em 29/05/2024, às 19h59

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Rudy Gobert - Getty Images
Rudy Gobert - Getty Images

Recentemente, Rudy Gobert foi eleito o Defensor do Ano pela quarta vez em sua carreira na NBA. Mas, a série contra o Dallas Mavericks pelas finais da Conferência Oeste despertaram o arrependimento em um de seus eleitores. O francês está no epicentro de críticas sobre seu desempenho pelo Minnesota Timberwolves em momentos decisivos.

“Vou dizer uma coisa, votar em Rudy Gobert para o prêmio de Defensor do Ano é a maior vergonha que carrego em meus anos na mídia da NBA. Estou me aposentando desse tipo de votação a partir desse ano. O que fiz foi um desserviço para o prêmio, escolhendo Gobert. É uma vergonha cara. É o primeiro vencedor desse prêmio, agora o maior de todos, e ele sempre se torna um passivo na defesa durante os playoffs. Isso é terrível”, disparou Kendrick Perkins, ex-jogador e atual analista da “ESPN”.

“E por favor, não me venham com números avançados, com estatísticas de saldo de pontos, isso é a coisa mais superestimada da liga. Quando olho para ele, vejo alguém que manchou o prêmio. Alguém que não é respeitado por seus pares. Vimos o que aconteceu na série contra Denver, por exemplo. Afinal, ele não conseguia defender sequer o jogador de sua posição que era Nikola Jokic. Karl-Anthony Towns fez um trabalho melhor. Então, o que posso dizer? Sério, vocês estão assistindo essa série assim como eu. O que ele está fazendo agora caras? Vamos ser honestos. Rudy tem três tocos em três jogos. Isso é ridículo, você é o maior jogador em quadra, horrível. E aí, acima de tudo, se torna inaceitável quando você pensa que ele tem quatro prêmios de Defensor do Ano, e esses são os seus números totais”, criticou.