Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Basquete » LUTO!

Aos 52 anos, morre campeã mundial de basquete Ruth de Souza, vítima do novo coronavírus

Rutão, como era conhecida estava na UTI desde o fim de março e não resistiu as complicações da doença

Redação Publicado em 13/04/2021, às 10h52

Ruth de Souza, ex-jogadora de basquete
Ruth de Souza, ex-jogadora de basquete - Divulgação/Três Lagoas MS
Notícia triste nesta terça-feira, 13.
 
Através das redes sociais da ex-jogadora de basquete RuthdeSouza, a família informou que a campeã mundial morreu nesta manhã aos 52 anos vítima das complicações do coronavírus, o qual estava internada desde o fim de março tratando.
 
A ex-jogadora estava na UTI de um hospital em Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul.
 
"É com pesar que Nely e Rubens venho informar o falecimento da minha irmã Ruth Roberta de Souza hoje às 6:30 da manhã! Agradeçamos as orações, agora ela descansou!", informou a família em nota.
 
Ruth estava com 70% dos pulmões comprometidos quando foi internada, mas estava com a diabetes controlada e com os rins funcionando perfeitamente, segunda sua família. O quadro piorou no dia 2 de abril, quando ela precisou ser intubada.
 
Rutão, como a pivô ficou conhecida, era técnica da equipe de sua cidade natal.
 
Ela disputou os Jogos Pan-Americanos de Havana, a Olimpíada de Barcelona e foi campeã mundial com a SeleçãoBrasileira em 1994. Depois das conquistas, retornou para a Três Lagoas.
 
Após a confirmação, a Confederação Brasileira de Basquete (CBB) lamentou a morte de Ruth e afirmou que o basquete nacional está em luto. A entidade fez uma homenagem à ex-jogadora em suas redes sociais.
 
"O SEU SORRISO É ETERNO!
 
É com dor e profundo pesar que a CBB informa o falecimento da campeã mundial e do Pan, Ruth! O nosso sorriso mais bonito. A nossa guerreira. Ruth combateu o bom combate e nos deixou nesta terça, aos 52 anos.
 
Guerreira, Ruth Roberta de Souza buscava os mais difíceis rebotes para o Brasil. Foram anos e anos defendendo a Seleção Brasileira feminina com seu talento e garra.
 
Em vida, Ruth recebeu diversas homenagens da Confederação Brasileira de Basketball nas últimas duas décadas, sempre em referência à sua garra em quadra, seu carisma, entrega e dedicação ao esporte. Ruth deixa um exemplo de como é possível combater o bom combate, ser firme, raçuda em quadra, defender as cores do Brasil, mas sem perder o Fair Play. Ruth, NÓS NUNCA ESQUECEREMOS O SEU SORRISO!
 
Obrigado, obrigado, eternamente obrigado!", escreveu.
 
 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Basquete Brasil - CBB (@basquetecbb)

 

 
Companheira na equipe campeã mundial de 1994, MagicPaula também lamentou a morte de Ruth.
 
"Perdi uma amiga, com uma história de vida de muitos desafios, mas jamais perdeu sua doçura e sempre com seu jeito humilde e eficiente na convivência em grupo. Dia muito triste para mim. Ruth fazia parte da minha família e sempre recebida com carinho, como merecia. Que ela faça esta passagem com muita luz", disse.

 
 
 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!