Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Basquete » WNBA

Kyrie Irving cria fundo para apoiar jogadoras da WNBA que não disputarão a temporada

Astro do Brooklyn Nets lança iniciativa para ajudar atletas que estão sem receber salários

Gabriela Santos Publicado em 28/07/2020, às 11h18

Kyrie Irving cria fundo para apoiar jogadoras da WNBA que não disputarão a temporada
Kyrie Irving cria fundo para apoiar jogadoras da WNBA que não disputarão a temporada - GettyImages

Kyrie Irving, do Brooklyn Nets, lançou um fundo de US$ 1,5 milhão (cerca de R$ 7,7 milhões) para apoiar financeiramente as atletas da WBNA que decidiram não jogar na temporada, para ajudar suas comunidades na luta pela justiça social ou pela Covid-19. 

A ação de Irving acontece após a liga feminina de basquete informar que só pagaria salários das jogadoras que não disputassem a temporada 2020 por dispensa médica. Em comunicado, o astro da NBA anunciou a iniciativa:

“Seja porque uma pessoa resolveu lutar pela justiça social, jogar basquete, focar na saúde física ou mental, ou simplesmente se conectar com a família, essa iniciativa, eu espero, poder ajudar em suas prioridades e decisões”, disse Irving.

Os fundos virão da KAI Empowerment Initiative (Iniciativa de Empoderamento KAI), que Kyrie Irving lançou nesta segunda-feira, 27. O armador dos Nets informou que contou com a ajuda das jogadoras da liga feminina Natasha Cloud, que optou ficar de fora desta temporada para lutar contra os problemas sociais de sua comunidade, e Jewell Loyd.

Irving entrou em contato com várias atletas da WNBA para debater os desafios que enfrentaram na decisão de jogar ou não. A temporada começou no último sábado, 25, e será inteiramente disputada em sede única em Bradenton, Flórida.

Não foi informado quantas atletas se enquadram para o programa criado por Irving. Para receber o auxílio, que só é válido para as atletas da WNBA que estão na ativa, as jogadoras precisam apresentar informações acerca de sua decisão e não podem estar recebendo suporte salarial de outra organização ou entidade. Em caso de questões médica, é preciso estar ligado com a Covid-19.

Dentro das quadras, as atletas também fazem movimento por justiça social. Na estreia da temporada da WNBA, as jogadoras do New York Liberty e do Seattle Storm vestiram blusas com o nome de Breonna Taylor, socorrista de 26 anos morta por policiais em março.

Se recuperando de uma cirurgia no ombro, Kyrie Irving não está com o time do Brooklyn Nets para a reta final da temporada da NBA. O armador tem sido ativo nos movimentos que lutam por justiça social nos Estados Unidos. Recentemente, ele produziu um especial de TV pedindo ação pela morte de Breonna.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

We will claim justice through collective action. Tune into #sayhername: Breonna Taylor feature on PlayersTv at 7pm EST to hear what YOU can do to support.

Uma publicação compartilhada por Kyrie Eleison (KAI) (@kyrieirving) em

 


5 itens de basquete para os amantes do esporte

1- Bola de Basquete Nike Dominate 8P Tamanho 7 - https://amzn.to/2JmU6Xs

2- Mini Tabela de Basquete Nba Los Angeles Lakers - https://amzn.to/2qG4UJr

3- Tênis Nike Air Zoom Generation Kings Rook Lebron James QS - https://amzn.to/2MJsAFo

4- Bolsa Fitness Fred Hard Basquete - https://amzn.to/36fzc6m

5- Testeira NBA Headband Nike - https://amzn.to/2BUvmSh

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!