Sportbuzz
Testeira
Basquete / NBA

Elenco do New Orleans Pelicans faz gesto em solidariedade à Ucrânia

Ato foi feito na última partida dos Pelicans, contra o Sacramento Kings; Jonas Valanciunas, pivô da franquia, falou sobre o conflito político

Redação Publicado em 03/03/2022, às 14h50

Jonas Valanciunas, do New Orleans Pelicans - Getty Images
Jonas Valanciunas, do New Orleans Pelicans - Getty Images

Na última quarta-feira, 2, o New Orleans Pelicans venceu o Sacramento Kings em casa, no Smoothie King Center. O placar ao fim do jogo ficou em um triunfo largo para o mandante por 125 a 95. Brandon Ingram obteve o maior escore individual, com 33 pontos somados durante os 32 minutos em que esteve em quadra.

No entanto, a conquista do Pelicans não foi o único destaque em New Orleans. Os jogadores do elenco vestiram meias amarelas para demonstrar apoio à Ucrânia e gerar mais visibilidade aos acontecimentos na região da fronteira entre o país e a Rússia, que invadiu sua nação vizinha com tropas militares.

 

CANAL - SPORTBUZZ:

A partida contou com a presença do ucraniano Alex Len, pivô da franquia californiana, além dos lituanos Jonas Valanciunas e Domantas Sabonis no elenco da equipe mandante. Valanciunas havia se manifestado anteriormente acerca do conflito vivido entre os países europeus. “A guerra não é a solução”, pontuou, no dia da invasão russa. O atleta voltou a se posicionar após a vitória sobre o Kings:

"Como falamos da última vez, é uma grande bagunça. Estamos apenas tentando chamar mais atenção. O inimigo ainda está lá fora. Pessoas inocentes ainda estão morrendo. Todo mundo está falando sobre sanções, apoio, orações, mas algo mais precisa ser feito. Foram sete dias difíceis. Toda vez que você olha para o seu telefone e vê o que está acontecendo, é chocante.”
Alex Len
Alex Len, do Sacramento Kings, em partida contra o Phoenix Suns (Créditos: Getty Images)

 

O elenco da franquia de Louisiana teve a ideia envolvendo as meias quando estavam em Los Angeles para enfrentar os Lakers. Valanciunas havia conversado com os outros jogadores e manifestado o desejo de direcionar mais atenção ao assunto. “Ter consciência plena é um dos nossos maiores valores, consciência do que está acontecendo no mundo. Eles queriam fazer algo para mostrar sua união”, ressaltou Willie Green, técnico do Pelicans.


 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!