Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Basquete » NBA

Coronavírus: Após ordem, Warriors jogam de portões fechados nas próximas duas partidas da NBA

Com medida confirmada pela prefeita da cidade americana de São Francisco, franquia sofre alterações nos jogos

Gabriela Santos Publicado em 11/03/2020, às 17h15

Após ordem, Warriors jogam de portões fechados nas próximas duas partidas da NBA
Após ordem, Warriors jogam de portões fechados nas próximas duas partidas da NBA - GettyImages

Nesta quarta-feira, 11, London Breed, prefeita da cidade americana de São Francisco, confirmou a decisão de proibir a realização de eventos com mais de mil pessoas em todo o município e condado, por conta do surto de coronavírus. A medida é obrigatória e vale por duas semanas.

Nesse panorama, o Golden State Warriors optou por jogar em casa com os portões fechados na reta final da temporada regular da NBA. Em sua conta oficial do Twitter, a Franquia de São Francisco anunciou a decisão:

“Devido às crescentes preocupações sobre o avanço do coronavírus, e em consultas com a Cidade e o Condado de São Francisco, a partida de amanhã à noite contra os Nets no Chase Center será realizada sem os fãs. Torcedores com ingressos para essa partida vão receber um reembolso pela quantia paga”, informou o Golden State na rede social.

Portanto, o no Chase Center, em São Francisco, não receberá torcida nas partidas contra o Brooklyn Nets, programada para esta quinta-feira, 11, e contra o Atlanta Hawks, na quarta-feira, 23. Neste período de 15 dias, os Warriors ainda tem mais outros três confrontos, mas são fora de casa.

A medida foi anunciada pela prefeita London Breed por meio de um post no Twitter:

“Na manhã de hoje, anunciamos que o Escritório de Saúde de São Francisco está lançando uma ordem proibindo todos eventos em larga escala com 1,000 ou mais pessoas com efeito imediato. Isso é necessário para diminuir o avanço do COVID-19, e integra nossa política pública de recomendações de saúde”, informou a autoridade.

No início da tarde desta quarta-feira, 11, a OMS considerou o alastramento do coronavírus como uma pandemia. A NBA ainda não se pronunciou sobre a decisão da prefeita de São Francisco, no entanto, já tomou medidas para evitar que atletas, funcionários, staff e torcida sejam infectados pelo vírus. Nesta semana, a liga americana de basquete solicitou às franquias que acatem ao plano de prevenção ao vírus, inclusive, sugerindo a realização de partidas sem torcida.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!